Aplicativo compara preço de táxi

Uma pesquisa feita pela Cheetah Mobile revelou que os Brasileiros são os maiores consumidores de aplicativos para celular. O levantamento, chamado de App Olympics (Olimpíada dos Aplicativos, em tradução literal) mostra que o brasileiro usa uma média de 29,23 aplicativos por mês, com um engajamento de 53,62 aplicativos abertos por mês. O número é maior do que a média global, onde os usuários abrem uma média de 27 aplicativos por mês, com um engajamento de 39 aplicativos. O estudo foi realizado em 9 países além do Brasil: Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Índia, México, Rússia e Reino Unido. Foram monitoradas várias categorias de apps, como jogos (incluindo educativos, jogos de perguntas, ação, esportes, estratégia e apostas) e aplicativos de lifestyle, como para compras, organização, redes sociais e personalização.

Para tentar entender o comportamento dos usuários, foram utilizados dados de 52 milhões de aparelhos Android, em nove países. Os dados apenas de aplicativos disponíveis na loja de aplicativos do Google, que somam aproximadamente 2,3 milhões de títulos.

Entre os aplicativos mais acessados no Brasil estão os de comunicação e mensagens, como Whatsapp e o Messenger, ambos títulos do gigante Facebook. Eles chegam a ser 10 vezes mais populares que os outros apps. Outros destaques brasileiros vão para aplicativos de redes sociais e que ajudem na produtividade, além apps de personalização. Os produtos de transporte privado também têm crescido, levando junto os aplicativos que comparam preços de táxi e outras formas de transporte. O mercado brasileiro não é tão concorrente quando se trata de games, o que pode ser uma oportunidade para desenvolvedores.

No México e nos Eua, os aplicativos de comunicação também estão entre os mais usados. Já a França tem o menor uso entre todos os países analisados, com apenas 24,56 apps por pessoa. A Índia se destaca na categoria de jogos no geral e o Canadá em apps de jogos de tabuleiro. A Alemanha dá preferência aos jogos casuais e a Rússia aos jogos de ação e arcade. Para os britânicos, são os aplicativos de compra que atraem mais pessoas.

Leave a comment