Aplicativo compara preço de táxi

Com o crescimento de aplicativos como Uber e Cabify, muitas pessoas se perguntam se ainda é vantajoso ter um carro próprio. Essa pergunta não é tão simples de responder, porque vários fatores devem ser levados em conta, não só fatores econômicos. Por exemplo, ter um carro, usar um aplicativo ou escolher o transporte público podem ter impactos no seu conforto, tempo, privacidade, além de impactos econômicos e ambientais. Mas se levarmos em consideração apenas o fator econômico, o que sai mais barato?

Para responder essa pergunta, vamos utilizar uma calculadora disponível na internet, criada pelo jornal Estadão. Para os carros, são calculados os preços das alternativas de transporte de acordo com fatores como custo do quilômetro rodado, depreciação do carro, manutenção, seguro, seguro obrigatório, IPVA e preço do combustível. No caso dos aplicativos, conta tanto a distância quanto o tipo de serviço escolhido (no caso do uber, por exemplo, se você utiliza o Uber Pool ou Black), sem levar em consideração a tarifa dinâmica (aplicativos como Cabify não têm tarifas dinâmicas).

Nesse exemplo, testamos um trajeto de 10 quilômetros (ida e volta), feito semanalmente, nos dias úteis. Para quem escolheu a utilização de um carro particular para as viagens, o custo semanal foi de R$ 222,00 (o carro escolhido foi um Gol). Se a viagem for feita com o aplicativo Uber, na opção Black as viagens ficariam em R$ 408,00 e R$ 273,00 no caso da opção X. A opção Pool, na qual você divide a viagem com desconhecidos, ficaria por R$ 199,00.

Em um trajeto menor, de 1 quilômetro, o carro deixa de ser a opção mais vantajosa. O custo semanal da viagem fica em R$ 203,70, enquanto a viagem com o Uber fica em R$ 99,55 (Pool), R$ 136,80 (X) e R$ 204,38 (Black). O que explica essa variação é a diluição dos custos fixos do veículo na quantidade de quilômetros rodados ao ano, que faz com que o gasto por quilômetro seja maior quando o veículo roda menos.

Em ambos os casos, não foi considerado o valor do estacionamento para os carros, já que ele varia de região para região. Isso pode encarecer ainda mais o valor final de quem escolhe o carro particular como alternativa, fazendo com que as versões Pool e X dos aplicativos compensem até mesmo em distâncias mais longas. Nos trajetos com menos de 1 quilômetro, até mesmo a versão Black do Uber é a mais econômica.

Leave a comment